Seminários em Engenharia Biomédica

Seminários em Engenharia Biomédica – 2018

 

Local: Campus São Bernardo do Campo da Universidade Federal do ABC,

Entrada: Alameda da Universidade, s/nº, Bairro Anchieta – São Bernardo do Campo
CEP: 09606-045.

Mapa: https://goo.gl/maps/JbCSKDbDMdP2

 


 

Data:  19/04/2018 quinta feira, 17h00 – Campus SBC  – sala A1-S101

Tema:  Borracha natural – Tóxico? Sim. Curativo? Com certeza.

Palestrante convidada: Dra Christiane P. Davi –  Pós Doutoranda UFABC.


Resumo: 
Nanotecnologia atua em escala de grandeza na qual produtos a muito conhecidos podem adquirir novas propriedades. Este é o caso da borracha natural (BN). Este polímero é usado na ciência biomédica, principalmente, como padrão tóxico em ensaios celulares. Além da toxicidade há casos de alergias provocados pela BN. Entretanto, apesar desses efeitos tóxicos, em nanoescala eles desaparecem e a BN passa a induzir a proliferação celular. Desta maneira obtém-se superfícies com propriedade curativa e cicatrizante. Nesta palestra será descrito a técnica de produção de superfícies de BN por autodeposição camada-a-camada. Técnica esta que pode ser aplicada facilmente em diversos outros materiais. Por fim haverá apresentação dos resultados e a descrição das técnicas de caracterização.

Christiane  é Bacharel em Biomedicina pela Universidade Metodista de São Paulo. Possui Mestrado e Doutorado em Nanociências e materiais avançados pela Universidade Federal do ABC e agora desenvolve no Pós-Doutorado em Engenharia Biomédica na área de equipamentos de análise clínica.

 

 

 

 

 

 JÁ REALIZADOS

 

Data:  12/04/2018 quinta feira, 13h00 – Campus SBC  – sala A1-S102

Tema:  Terapia Fotodinâmica Antimicrobiana.

Palestrante convidado: Prof. Dr. Renato Araújo Prates –  Universidade Nove de Julho (UNINOVE).


Resumo:
O fenômeno da resistência microbiana traz uma alarmante preocupação à Ciência e nos chama a atenção aos graves riscos que enfrentaremos nos próximos anos. Existe hoje a crescente necessidade de novas terapias contra infecções, bem como novas plataformas e regimes terapêuticos que deverão ser descobertos e implementados de forma eficiente pelos sistemas de assistência à saúde. Dentre elas, a terapia fotodinâmica antimicrobiana (aPDT) que utiliza uma fonte de irradiação de luz em associação à um fármaco fotossensível para produzir espécies reativas de oxigênio em ambiente biológico e inativar micro-organismos. Esta técnica vem sendo estudada como uma promissora alternativa para tratamentos de infecções locais e pode ser uma revolução em nossa forma de enfrentar/conviver com o mundo microbiano.

Prof. Renato  é Graduado em Odontologia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1997), Especialista em Periodontia (2000), Mestre em Lasers em Odontologia (2005), Doutor em Ciências e Tecnologia Nuclear pela USP (2010) e Pós-Doutor pelo IPEN/CNEN-SP com bolsa concedida pelo CNPq Comitê Assessor EE – Engenharia Elétrica e Biomédica (2012). Tem experiência na área de Odontologia, com ênfase em Laser em Odontologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Doença Periodontal, Antimicrobiano, lasers em odontologia, terapia laser em baixa intensidade, modelagem de Fenômenos Biológicos e Terapia Fotodinâmica.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data:  22/03/2018 quinta feira, 17h00 – Campus SBC  – sala A1-S101

Tema:  Fabricação e caracterização de um protótipo de arcabouço para engenharia tecidual de válvulas cardíacas

Palestrante convidada: MSc. Márcia Mayumi Omi  Simbara – Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia


Resumo: 
Valvas cardíacas são as estruturas responsáveis por manter o fluxo unidirecional do sangue através do sistema cardiovascular. São várias as doenças que podem afetar seu funcionamento, e, em muitos casos, elas precisam ser substituídas por próteses, classificadas normalmente em mecânicas e biológicas. Apesar dos substitutos atuais terem atingido um nível satisfatório de desempenho, eles ainda apresentam algumas desvantagens, sendo a maior delas a impossibilidade de crescimento e remodelamento, problema crítico especialmente para os pacientes pediátricos e jovens. A engenharia tecidual, cujo objetivo é criar substitutos vivos para tecido ou órgãos lesados, aparece como a promessa de solução para estes casos. Durante a palestra, será descrito um projeto de doutorado que tem como objetivo desenvolver um protótipo de arcabouço polimérico biorreabsorvível para engenharia tecidual de valvas cardíacas e realizar caracterizações químicas, mecânicas e morfológicas pertinentes, assim como avaliar os desempenhos hidrodinâmico e biológico do mesmo.

Márcia é Bacharela em Ciência e Tecnologia e Engenheira Biomédica pela Universidade Federal do ABC. Possui Mestrado em Engenharia Biomédica também pela mesma instituição e agora cursa o Doutorado no programa de Medicina/Tecnologia e Intervenção em Cardiologia da USP/Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Desenvolve pesquisa em biomateriais e dispositivos implantáveis, atuando principalmente na área de engenharia tecidual de válvulas cardíacas.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data:  22/11/2017 quarta feira, 18h00,  sala  A1-S202 – Campus SBC

Tema:  Directional analysis of cardiac left ventricular motion field from PET images

Palestrante convidado: Prof Dr. John Sims – EBM/UFABC


Resumo: A quantificação do movimento cardíaco do ventrículo esquero (VE) a partir de imagens médicas fornece um método não invasivo para o diagnóstico de doenças cardiovasculares. Com a extração deste campo vetorial surge os seguintes desafios: (i) o campo de movimento deve ser da forma mais precisa possível para maximizar a sensibilidade e especificidade; (ii) o campo de movimento é extenso e composto de vetores 3D no espaço 3D, dificultando a análise visual de informações por observadores humanos e uso diagnóstico. A palestra pretende apresentar estes problemas, e soluções correspondentes, que foram desenvolvidas para imagens 4D (3D + tempo) torácicas de tomografia por emissão de pósitrons (PET). Uma abordagem para facilitar a análise do campo vetorial é por decomposição em campos radiais, rotacionais (circunferenciais) e harmônicas (lineares). Neste contexto, a decomposição discreta de Helmholtz Hodge, foi utilizada para gerar estes componentes numa forma automatizada e operador independente, testado primeiro em campos de movimento sintéticos e depois em imagens PET obtidas pelo Instituto do Coração, Faculdade de Medicina da USP.
*** A palestra do prof. John  foi ministrada em inglês ***

 

Prof. John Sims é Professor da Engenharia Biomédica da UFABC, área de Processamento de Imagens Médicas. Possui bacharelado de ciências em Física pela University of Nottingham, Reíno Unido, mestrado de ciências em Sound and Vibration Studies do Institute of Sound and Vibration Research, University of Southampton, Reíno Unido, e Doutorado em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da USP. Tem experiência em modelagem de sistemas, processamento de sinais e imagens médicas.

 

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data:  14/11/2017 terça feira, 13h00, na sala A1 S102 – Campus SBC

Tema: O uso de modelos computacionais na pesquisa do controle do movimento

Palestrante convidado: Prof Dr. Renato Naville Watanabe – EBM/UFABC


Resumo:
A maneira mais comum ao pesquisar como o sistema nervoso atua para realizar movimentos é com a realização de experimentos. Porém, muitos sinais envolvidos no controle motor humano, como os sinais que os neurônios motores recebem, são difíceis ou até mesmo impossíveis de se obter experimentalmente em seres humanos. Por isso, o uso de modelos computaionais do sistema neuromusculoesquelético pode ser bastante útil na investigação de como o sistema nervoso se comporta para executar o controle de tarefas motoras. Neste seminário serão apresentados exemplos de uso de um modelo computacional do sistema neuromusculoesquelético para investigar mecanismos envolvidos no controle de tarefas motoras como a manutenção da postura ereta e realização de uma flexão plantar.

 

Prof. Renato é Professor Adjunto do Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do ABC. Fez um estágio pós-doutoramento no Laboratório de Engenharia Biomédica da Universidade de São Paulo (2016). Possui Graduação em Engenharia Elétrica com Ênfase em Automação e Controle pela Universidade de São Paulo (2009), Mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade de São Paulo (2012) e Doutorado em Engenharia Biomédica pela Universidade de São Paulo (2016). Tem experiência na área de Engenharia Biomédica, Modelagem de Sistemas Biológicos, Biomecânica, Controle Motor e Identificação de Sistemas

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data:  07/11/2017 terça feira, 13h00, na sala A1 S201 – Campus SBC

Tema: Bobinas de Radiofrequência para Imagens por Ressonância Magnética em ultra-alto campo magnético

Palestrante convidado: Prof Dr. Daniel Papoti – EBM/UFABC


Resumo: 
Desde sua introdução em 1973, simultaneamente por Peter Mansfield e  Paul Lauterbur, a técnica de Imagens por Ressonância Magnética (IRM) tornou-se rapidamente uma das principais modalidades de imagens médicas para diagnóstico clínico. Desde então, tem havido uma tendência cada vez maior para o desenvolvimento de sistemas clínicos de IRM utilizando campos magnéticos considerados ultra-altos. Apesar das vantagens na utilização de campos mais intensos devido à maior polarização dos spins nucleares das amostras, surgem dificuldades técnicas associadas aos efeitos da interação da radiofrequência (RF) com tecidos biológicos. Nessa palestra pretendo abordar os principais aspectos envolvidos no projeto e construção de bobinas de RF  utilizadas para transmissão e recepção em sistemas de IRM de ultra-alto campo magnético. Particularmente, serão apresentados resultados obtidos em sistemas específicos para modelos animais, assim como projetos em andamento em um sistema clínico de 7T para humanos.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data:  31/10/2017 terça feira, 18h00, na sala  A1-S206 – Campus SBC

Tema: Photonics Advancing Health Science Research

Palestrante convidado: Prof Dr. Jhon M Girkin – Durhan University

Resumo:  This talk will look at the way that through collaborative research between physical and life sciences advances can be made in health science research. One example will be drawn from the development of optical instrumentation and novel chemical markers for imaging inside the lung in intensive care patients to determine the disease or infection that might be present. Another example will be looking at optical microscopy developments that have been made to enable life scientists to observe, in vivo, the development of the zebrafish and then through the use of opto-genetics and light manipulation it is possible to perturb the system through accurate cell ablation. The presentation will then go on to look at how the development of specific photonics technology and miniature optics can then be used to develop a genetic screening device suitable for use in a doctor’s consulting room for rapid and point of care diagnosis. I will then examine the way that international collaborations can grow scientific research to the benefit of all parties

Prof. Dr Jhon M Girkin é físico formado pela Universidade de Oxford, com doutorado em Southampton (UK). Fundador do Centro de Biofotônica na Universidade de Strathclyde (Escócia); atualmente é diretor do Instituto de Ciências Biofísicas da Universidade de Durham (UK). Trabalha com o desenvolvimento e aplicações de fotônica avançada e tecnologia óptica em ciências da vida (medicina, odontologia, biologia marinha, dentre outras), além de desenvolvimento de microscopia óptica confocal e multifóton para diversas aplicações multidisciplinares. Atualmente tem trabalhado também com instrumentação micro-óptica (microfluídica).

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data: 26/10/2017 quinta feira, 13h00, na sala  A1-S104 – Campus SBC

Tema: Modelagem de tecidos imageados por Ultrassom utilizando Métodos Numéricos e Visão Computacional

Palestrante convidado: Prof Dr. Anderson Gabriel Santiago Cravo – Engenharia Biomédica – UFABC

 

Resumo: Esta linha de pesquisa visa a aplicação de métodos numéricos e de visão computacional em problemas de Elastografia, isto é, caracterização de tecidos através de suas propriedades mecânicas. São propostas duas frentes de trabalho: (i) esenvolvimento de phantoms matemáticos utilizando métodos numéricos que simulem de forma realística imagens de ultrassom, e (ii) desenvolvimento de métodos numéricos e de visão computacional que possibilitem análise inversa de tecidos imageados por ultrassom, ou seja, possibilitem o cálculo de constantes elásticas baseado em deslocamentos relativos entres duas ou mais imagens de ultrassom.

 

Prof. Dr. Anderson é professor da  Engenharia Biomédica da UFABC, área de Instrumentação em Ultrassom. Possui graduação em Engenharia Elétrica, Mestre em Engenharia Mecânica pela UNICAMP e doutorado em Enga Elétrica pela POLI-USP. Possui experiência em Matemática Aplicada, Métodos Numéricos, Mecânica dos Sólidos, Eletromagnetismo, Processamento de Imagens e Desenvolvimento de Softwares.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data: 18/10 às 18h00 – bloco alfa 2, sala 305

Tema: Métodos para Quantificação do Movimento 3D do Coração e suas Aplicações

Palestrante convidado: Prof Dr. Prof.Marco Antonio Gutierrez – HCFMUSP

Resumo: A função do ventrículo esquerdo (VE) como bomba é um determinante no tratamento de doenças cardíacas. A análise quantitativa da função do VE é uma ferramenta importante para a cardiologia moderna podendo ser classificada em duas categorias: (1) a que estuda anormalidades no movimento das paredes; (2) a que mede a fração de ejeção, que é uma medida global da função ventricular. Este trabalho concentra-se na primeira categoria. Esta palestra pretende apresentar algumas das técnicas computacionais envolvidas na quantificação de  anormalidades no movimento das paredes do VE, a partir de imagens de SPECT/PET”.

Prof. Marco Antônio é Professor convidado da Universidade de São Paulo, da Universidade Federal de São Paulo e do Instituto do Coração. Atualmente é Diretor do Serviço de Informática do Instituto do Coracao / HC.FMUSP. Atua na área de Engenharia Biomédica, com ênfase em Processamento de Sinais Biológicos. Suas principais áreas de atuação são: Processamento de Sinais e Imagens Médicas, Sistemas Distribuídos e Telemedicina.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 Data: 10/08/2017, às 18h00,  Sala A1-S201,  bloco Alpha 1

Tema: Desenvolvimento de hidrogéis de quitosana e ibuprofeno para liberação controlada em lesões nervosas

Palestrante convidado: Amanda de Castro Juraski – Aluna de Mestrado em Engenharia Biomédica  – UFABC

Resumo: O objetivo deste projeto é desenvolver um hidrogel de quitosana associado ao fármaco Ibuprofeno, visando a aplicação em lesões nervosas. O hidrogel será apresentado em três diferentes formas: filmes densos (membranas), partículas em escala micrométrica, e fibras. Serão caracterizados quanto à morfologia, quanto à análise química, e quanto à capacidade de intumescimento em tampão fosfato (PBS). A funcionalidade dos materiais desenvolvidos será avaliada quanto à taxa de liberação do fármaco in vitro em Solução Simuladora de Fluido Corpóreo (SBF), comparando essa liberação in vitro em função da área superficial de cada dispositivo.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data: 08/08/2017, às 19h00,  Sala A2-S302,  bloco Alpha 2

Tema:  Métodos para Quantificação do Movimento 3D do Coração e suas Aplicações

Palestrante convidado: Prof Dr. Marco Antonio Gutierrez

Resumo: A função do ventrículo esquerdo (VE) como bomba é um determinante no tratamento de doenças cardíacas. A análise quantitativa da função do VE é uma ferramenta importante para a cardiologia moderna podendo ser classificada em duas categorias: (1) a que estuda anormalidades no movimento das paredes; (2) a que mede a fração de ejeção, que é uma medida global da função ventricular. Este trabalho concentra-se na primeira categoria. Esta palestra pretende apresentar algumas das técnicas computacionais envolvidas na quantificação de anormalidades no movimento das paredes do VE, a partir de imagens de SPECT/PET.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data: 01/08/2017, às 19h00,  Sala S203, 2o andar do Bloco Alpha 2

Tema: O uso de modelos computacionais neuromusculoesqueléticos na investigação do controle motor

Palestrante convidado: Prof Dr. Renato Watanabe – Enga Biomédica – UFABC

Resumo: A maneira mais comum ao pesquisar como o controle neural atua para a realização de tarefas motoras é por meio da realização de experimentos. Porém, muitos sinais envolvidos no controle motor humano, como as entradas dos neurônios motores, são difíceis ou até mesmo impossíveis de se obter experimentalmente em seres humanos. Por isso, o uso de modelos realistas do sistema neuromusculoesquelético pode ser bastante útil para a investigação do controle de tarefas motoras. Neste seminário serão apresentados exemplos de uso de um modelo computacional do sistema neuromusculoesquelético para investigar mecanismos envolvidos no controle de tarefas motoras como a manutenção da postura ereta e realização de uma flexão plantar.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data: /27/07/2017, às 18h00,  Sala A1-S206, 2o andar do Bloco Alpha 1

Tema: Desenvolvimento e caracterização de compósito bioativo à base de poli(ε-caprolactona) e biosilicato

Palestrante convidado: Aline Floss Weber – Aluna de Mestrado em Engenharia Biomédica

Resumo: A busca por materiais que possam restaurar deficiências ósseas de maneira satisfatória tem crescido cada vez mais. Para tal aplicação, uma classe que vem sendo muito aceita é a de materiais compósitos, capaz de aliar propriedades de materiais diferentes. Para uso na engenharia tecidual, uma categoria de materiais que tem se
destacado devido à suas características é a de polímeros biorreabsorvíveis. Dentro desse grupo está inserido o poli(-caprolactona), que vem se mostrando bastante adequado para usos em implantes, devido a características biocompatíveis e uso já bastante difundido. O biosilicato, advindo do biovidro, também tem se mostrado uma alternativa para usos onde se requer elevada solicitação mecânica, além de ser bioativo. Nesse contexto o objetivo desse estudo é o desenvolvimento de filmes bioativos de compósito a base de PCL e o Biosilicato para regeneração de tecido ósseo. Com a associação desses dois materiais, foram produzidas amostras de compósitos a partir de duas rotas diferentes, as quais deram origem a materiais com morfologias diferenciadas. Os materiais em estudo foram caracterizados por microscopia ótica, microscopia eletrônica de varredura e difratometria de raios-X. Posteriormente os materiais foram submetidos a um teste in vitro para avaliação preliminar do desempenho quanto a bioatividade. Os resultados obtidos permitiram verificar que as rotas utilizadas produzem compósitos com diferentes porosidades e graus de cristalinidade, porém apesar das diferentes características morfológicas, as duas rotas originaram compósitos bioativos. Além disso, os resultados obtidos até o momento possibilitaram a seleção de parâmetros de processamento para obtenção de novas amostras de compósitos para avaliação do desempenho mecânico, de bioatividade e degradação in vitro, que devem ser efetuados na sequência do estudo.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

Data: 11/07/2017,  19 horas,  Sala S203, 2o andar do Bloco Alpha 2

Tema: Corpos biônicos  e órgãos intercambiáveis – A produção de saberes e práticas sobre corações não-humanos

Palestrante convidado: Dra. Marisol Marini

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data: 04/07/2017,  19 horas,  Sala S203, 2o andar do Bloco Alpha 2

Tema: Velocimetria por imagem de partículas aplicada à Engenharia Cardiovascular: experimento em um modelo do ventrículo esquerdo humano

Palestrante convidado: Prof Dr. Ovandir Bazan

Resumo: Muitas complicações clínicas relacionadas às próteses de válvulas cardíacas estão associadas aos padrões e distúrbios que elas induzem no escoamento, que são específicos para cada tipo de válvula. O comportamento das próteses valvulares também muda de acordo com parâmetros ventriculares como a frequência cardíaca, o volume sistólico e a geometria, além da própria orientação da válvula ao ser implantada no ventrículo. Os simuladores cardíacos (em geral do coração esquerdo, o lado mais solicitado quanto às pressões) combinados com a técnica laser (não invasiva) da velocimetria por imagem de partículas (do inglês, Particle Image Velocimetry, ou PIV) são usados para conhecer os campos de velocidade instantânea de uma área relativamente grande do escoamento pulsátil, permitindo a caracterização hidrodinâmica in vitro das próteses cardíacas e comparações adequadas entre essas válvulas. Esses resultados auxiliam diretamente na análise do grau de hemólise e de formação de trombos esperados.

 xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data: 28/03/2017 (terça-feira) 17:00 sala  A1-S101 (bloco alfa 1) – SBC

Tema: Tópicos de Automação Aplicados na Engenharia Biomédica: Dispositivo de Assistência Ventricular

Palestrante convidado: Prof. Dr.  Tarcísio Leão  – Laboratório de Automação para a Vida – IFSP. 

Resumo: Conceitos de automação aplicado em Engenharia Biomédica representa uma integração da integração de áreas. Se a automação pode ser simplificada, mas não se deve, como a integração dos conceitos de mecânica e de eletrônica, esta aplicada a área Biomédica coloca novo termo a interdisciplinaridade. Dos fundamentos às práticas das áreas, os tópicos serão abordados no caso do controle de um dispositivo de assistência ventricular.

Tarcísio Leão: Doutor em Ciências pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia – Entidade Associada da Universidade de São Paulo no programa Medicina/Tecnologia e Intervenção em Cardiologia (2015). Mestre em Automação e Controle de Processos e graduado em Tecnologia em Automação Industrial pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (2012). Atualmente é Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo e pesquisador colaborador do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Tem experiência na área das Engenharias Mecânica/Eletrônica, com ênfase em Bioengenharia, atuando principalmente em dispositivos de assistência ventricular. Tem experiência na área Industrial, na medição de vazão de água e em desenvolvimento de sistemas/produtos de medição.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Data: 22/03/2017 (quarta-feira) 13:00 sala  A1-S106 (bloco alfa 1) – SBC

Tema: Incorporação de Tecnologia no SUS 

Palestrante convidado: Profa Dra Maria Luiza Levi Pahim- Políticas Públicas – UFABC. 

Maria Luiza Levi Pahim: Possui graduação em Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1989), mestrado em Economia pelo Instituto de Economia da Unicamp (1996) e doutorado pelo Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da USP. Foi pesquisadora do IESP/Fundap (Instituto de Economia do Setor Público da Fundação do Desenvolvimento Administrativo), técnica da Secretaria de Estado dos Negócios da Fazenda de São Paulo, da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, da Secretaria Municipal de Finanças e Desenvolvimento de São Paulo, da Secretaria Municipal de Planejamento de São Paulo e do Departamento de Regulação, Avaliação e Controle de Sistemas do Ministério da Saúde, responsável pela área de financiamento e regulação das ações de média e alta complexidade no SUS. É professora adjunta da Universidade Federal do ABC desde maio de 2015. Tem Experiência na área de Economia, com ênfase em Finanças Públicas, Orçamento e Política de Saúde.

 

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Data: 22/02/2017 (quarta-feira) 13:00 A2-S203

Tema: Coração artificial e transplante de coração. Passado, presente e futuro

Palestrante convidado: Dr. Bruno Utiyama da Silva, Bioengenharia – Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC). 

Resumo: A história nos mostra que o coração artificial antecede o transplante de coração, o uso de sistemas de bombeamento artificial do sangue (como o coração artificial) foi concebido e se desenvolveu numa época onde não se cogitava a possibilidade do transplante. De fato o mundo foi surpreendido, quando Barnard realizou o primeiro transplante de coração. A partir daí o transplante e o coração artificial vem disputando o lugar como o principal tratamento para insuficiência cardíaca e a cada avanço de ambas as áreas esta liderança pende de um lado para o outro. O objetivo deste seminário é mostrar o conceito histórico com foco na correlação destes dois métodos, mostrando os principais avanços de cada um e exemplificando o impacto destes avanços.
Bruno Utiyama da Silva: Possui graduação em Sistemas Biomédicos pela Faculdade de Tecnologia de Sorocaba (2008), mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Estadual de Campinas (2012) e doutorado em Ciências pela Universidade de São Paulo (2016). Atualmente é professor da Universidade São Judas Tadeu e pesquisador do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Tem experiência na área de Engenharia Biomédica, com ênfase em Bioengenharia, atuando principalmente no seguinte tema: dispositivos de assistência ventricular, biomateriais e infusão de drogas.

 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Link permanente para este artigo: http://ebm.ufabc.edu.br/seminarios-em-engenharia-biomedica/